Notícias

Primeiro módulo de certificação dos formadores de Comunidade de Aprendizagem

17/05/2017

Primeiro módulo de certificação dos formadores de Comunidade de Aprendizagem

“Tudo é melhor quando feito com varias mãos, no compartilhamento de ideias!”. “Conheci CA pelo portal. Quero aprender mais e trocar! Estou encantada com aprender coletivamente”. “Seguimos caminhando, mas logo vamos nos aprofundar mais nos princípios da Aprendizagem Dialógica!”

Esses foram alguns dos depoimentos ouvidos entre os dias 8 e 12 de maio, quando equipes de 22 redes de ensino estiveram reunidas na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), interior de São Paulo, para o primeiro módulo da certificação de formadores em Comunidade de Aprendizagem, um curso de pós-graduação na modalidade aperfeiçoamento. O encontro foi organizado em parceria entre o Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (Niase/UFSCar), Instituto Natura e Comunidade de Pesquisa para a Excelência para Todos (Community of Research on Excellence for All) (CREA), com sede na Universidade de Barcelona, na Espanha.

    

Os 48 participantes são técnicos de secretarias de educação de redes que estão conhecendo o projeto ou já implementam CA nas escolas de Cajamar, Amparo, Potim, São José do Rio Preto, Mogi Mirim, Pedreira, São Carlos, São Bernardo do Campo, Araraquara, Socorro e Mairiporã (SP), Beneditinos (PI), Serra do Salitre (MG), Souto Soares, Ibitiara, Ubatã e Iraquara (BA), Benevides (PA), Belo Jardim e Recife (PE), Icapuí e Fortaleza (CE). Também participaram representantes de institutos parceiros: Conceição Moura, Ayrton Senna e de Corresponsabilidade pela Educação (ICE). “Em 2015, o curso nasceu para formar os técnicos das secretarias de municípios que estavam implementando CA. Hoje, ampliamos a participação para quem se interessa em conhecer o projeto, tornando o grupo mais diverso e as discussões ainda mais ricas”, comenta Fernanda Pinho, coordenadora do Projeto Comunidade de Aprendizagem no Instituto Natura.

        

Além de Fernanda, Madalena Monteiro, também do Instituto Natura, conduziu o encontro e realizou tertúlias pedagógicas, musicais e literárias com o grupo. Fabiana Marini Braga e Adriana Coimbra Marigo, do Niase/UFSCar, falaram sobre os princípios da Aprendizagem Dialógica. Bernadete Boscoli, de Estiva Gerbi (SP), compartilhou seu trabalho de conclusão da Certificação em 2016. Osmair Benedito da Silva, diretor da EMEB Arthur Natalino Deriggi, em São Carlos (SP), foi acompanhado de uma aluna de Educação de Jovens e Adultos (EJA) e de um voluntário que atua nos Grupos Interativos para contar suas histórias e o impacto do projeto em suas vidas.

Na mesma semana, cerca de 50 pessoas, entre professores, gestores e pesquisadores de sete países reuniram-se em Santiago (Chile) para a certificação dos formadores da América Latina. Leia reportagem sobre o encontro!

 

Continuidade do curso

Outros dois módulos – em julho e em novembro – ocorrem até o fim do ano, totalizando 180 horas de curso, a distancia ou presenciais. Nas reportagens que serão publicadas em junho e julho aqui no portal de CA, você verá o que foi dito por Roseli Mello (Niase/UFSCar) sobre Sociedade da Informação e escola atual, e por Rocío García Carrión sobre o papel das interações. Acompanhe!

      

Por Beatriz Santomauro

Deixe seu comentário